quarta-feira, 25 de abril de 2018

FEIRA DO LIVRO de Inglês

FEIRA DO LIVRO de Inglês  em todas as EB 1º ciclo do agrupamento



Nos dias 26 e 27 de abril, na biblioteca da escola da Azeda

A importância da aprendizagem do Inglês no 1.º Ciclo

Participação dos pais

 A participação dos pais na educação das crianças é, sem dúvida, a chave para o sucesso e, felizmente, no 1.° Ciclo, os pais ainda estão muito envolvidos no processo de aprendizagem dos seus filhos. Múltiplos estudos têm demonstrado que a atitude dos pais relativamente às línguas estrangeiras, a sua própria competência linguística ou até o simples facto de usarem outra língua no local de trabalho influenciam a forma como a criança encara a aprendizagem de uma língua na escola. A aprendizagem de uma língua estrangeira no 1. Ciclo é, por isso, a oportunidade ideal para os pais poderem participar ativamente, apoiando e encorajando os seus filhos a aprenderem outra língua. 

Pais & Alunos, Porto Editora

terça-feira, 24 de abril de 2018

A Festa da Leitura continua




No dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, os alunos e alunas da escola da Azeda participaram em «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?».


A iniciativa foi organizada pela VISÃO Júnior e pela Rede de Bibliotecas Escolares, contou com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, do Plano Nacional de Leitura, da Pordata, da Rádio Miúdos e da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros.

Com esta iniciativa, os alunos e as alunas ficaram a conhecer em profundidade como se desenrola um processo eleitoral e para que serve.
Pretendeu-se dar voz às crianças e jovens portugueses, habitualmente pouco auscultados em processos de decisão, criando renovadas oportunidades na formação de cidadãos de pleno direito.

Apresentamos o resultado do escrutínio, que apurou a lista dos livros que, nesta escola, os alunos e alunas mais apreciam.

O Bando das Cavernas – Na Maior Há 10 mil Anos = 27 Votos
O Diário de um Banana: Um Dia de Cão                   = 16 »
O Diário de um Banana: Tudo ou Nada                    = 25  »
O Diário de um Banana: Põe-te a Milhas                  = 71  »
O Gato e Escuro                                                           = 62  »
O Principezinho                                                            = 41  »

sábado, 21 de abril de 2018

Um dos Livros mais fixe em Miúdos a Votos

  

     A campanha eleitoral acabou. Na próxima segunda-feira, 23 de abril, Dia Mundial do Livro, há eleições nas escolas.
      Os alunos e alunas da EB da Azeda VOTAM no livro mais fixe. 

Um dos livros a votação e defendido pelos alunos do 4.º ano, João e Isac é O Gato e o Escuro de Mia Couto e Danuta Wojciechowska

     «O Gato e o escuro é uma história de um gatinho, amarelinho e bonitinho que queria atravessar a linha do horizonte, onde o tempo faz a vida entre o claro e o escuro, porque ele queria conhecer o escuro.
     Um dia, ele vai, entra nessa escuridão, perde-se e fica lá. A mãe dele vem, tira-o da escuridão e diz-lhe que a escuridão estava dentro dele.
     Mia Couto, que é o autor deste livro, acha que o medo tira a criatividade. O medo prende-nos. Qual é a melhor maneira de combater esse medo? É achar graça à vida. E como é que nós achamos graça à vida? «Faz de conta que o pôr-do-sol fosse um muro…». Cada um tem de encontrar a sua saída para o medo.
     Mia Couto, além de escritor, é também biólogo e nasceu em Moçambique, África. Ele pega numa palavra e vai mostrando quantos milhões de sentido essa palavra pode ter. Ele é um inventor de palavras e o livro é lindo por causa da linguagem dele. É um livro para falar do medo em forma de poesia. É lindo! É maravilhoso!
     O medo é associado ao desconhecido e o desconhecido ao escuro. Não é à toa que nós acendemos a luz para saber se está tudo bem. O desconhecido é que dá medo, na maioria das vezes.
Mas o livro fala de um gatinho a ser inundado por esse medo. Do medo ficar misturado tanto nele a aponto dele mesmo não compreender. Ele transforma-se em escuro porque o medo é interno. Nós é que criamos esse medo. Cada um tem de encontrar a sua saída para o medo e a sua adoração pela vida.»

Escritora Vana Campos





Missão

Vimos dar corpo à fusão recente de agrupamentos, unificar e concretizar a dinâmica de trabalho das nossas bibliotecas.

»»» Embora em construção, este blogue estará sempre em produção.